Conteúdo do curso

0h03m

Marcha da Necrópsia em Pequenos Animais - Parte 1

Primeiro de uma série de vídeos criados como complemento ao estudo da Técnica de Necrópsia em Pequenos Animais, com o objetivo de auxiliar alunos de medicina veterinária cursando a disciplina de Patologia Veterinária.

0h16m

Marcha da Necrópsia em Pequenos Animais - Parte 2

Este vídeo descreve o início da necrópsia de um cão, a partir da abertura da cavidade abdominal através da incisão mento-pubiana. Trata-se de material complementar ao estudo da Técnica de Necrópsia em Pequenos Animais e tem o objetivo de auxiliar alunos de medicina veterinária que estejam cursando a disciplina de Patologia Veterinária.

Importante frisar que o animal NÃO foi eutanasiado para fins de estudo, mas veio a óbito no Hospital Veterinário após esgotadas todas as opções de tratamento disponíveis. A necrópsia foi então solicitada pelo tutor, com o objetivo de identificar a "causa mortis".

0h11m

Marcha da Necrópsia em Pequenos Animais - Parte 3

Após a abertura da cavidade abdominal, descrita no vídeo anterior, os autores deste vídeo descrevem o passo seguinte da Marcha da Necrópsia mostrando a abertura da cavidade torácica.

Trata-se de material complementar ao estudo da Técnica de Necrópsia em Pequenos Animais e tem o objetivo de auxiliar alunos de medicina veterinária que estejam cursando a disciplina de Patologia Veterinária.

Importante frisar que o animal NÃO foi eutanasiado para fins de estudo, mas veio a óbito no Hospital Veterinário após esgotadas todas as opções de tratamento disponíveis. A necrópsia foi então solicitada pelo tutor, com o objetivo de identificar a "causa mortis".

0h10m

Marcha da Necrópsia em Pequenos Animais - Parte 4.1

Neste vídeo os autores descrevem a retirada do primeiro conjunto de órgãos, composto pela língua, faringe, amígdalas, esôfago, laringe, faringe, traquéia, tireóides e paratireóides, pulmões, gânglios mediastínicos e coração.

Trata-se de material complementar ao estudo da Técnica de Necrópsia em Pequenos Animais e tem o objetivo de auxiliar alunos de medicina veterinária que estejam cursando a disciplina de Patologia Veterinária.

Importante frisar que o animal NÃO foi eutanasiado para fins de estudo, mas veio a óbito no Hospital Veterinário após esgotadas todas as opções de tratamento disponíveis. A necrópsia foi então solicitada pelo tutor, com o objetivo de identificar a "causa mortis".

0h03m

Marcha da Necrópsia em Pequenos Animais - Parte 4.2

Nesta etapa da marcha da necrópsia de um cão, os autores descrevem a retirada do segundo conjunto de órgãos, composto pelo baço e epíploo.

Trata-se de material complementar ao estudo da Técnica de Necrópsia em Pequenos Animais e tem o objetivo de auxiliar alunos de medicina veterinária que estejam cursando a disciplina de Patologia Veterinária.

Importante frisar que o animal NÃO foi eutanasiado para fins de estudo, mas veio a óbito no Hospital Veterinário após esgotadas todas as opções de tratamento disponíveis. A necrópsia foi então solicitada pelo tutor, com o objetivo de identificar a "causa mortis".

0h07m

Marcha da Necrópsia em Pequenos Animais - Parte 4.3

Este vídeo descreve mais uma etapa da marcha da necrópsia de um cão, onde os autores mostram a retirada do terceiro conjunto de órgãos, composto pelos intestinos.

Trata-se de material complementar ao estudo da Técnica de Necrópsia em Pequenos Animais e tem o objetivo de auxiliar alunos de medicina veterinária que estejam cursando a disciplina de Patologia Veterinária.

Importante frisar que o animal NÃO foi eutanasiado para fins de estudo, mas veio a óbito no Hospital Veterinário após esgotadas todas as opções de tratamento disponíveis. A necrópsia foi então solicitada pelo tutor, com o objetivo de identificar a "causa mortis".

0h04m

Marcha da Necrópsia em Pequenos Animais - Parte 4.4

Nesta etapa da marcha da necrópsia de um cão, os autores descrevem a retirada do quarto conjunto de órgãos, composto pelo diafragma, fígado, vesícula biliar, estômago, duodeno e pâncreas.

Trata-se de material complementar ao estudo da Técnica de Necrópsia em Pequenos Animais e tem o objetivo de auxiliar alunos de medicina veterinária que estejam cursando a disciplina de Patologia Veterinária.

Importante frisar que o animal NÃO foi eutanasiado para fins de estudo, mas veio a óbito no Hospital Veterinário após esgotadas todas as opções de tratamento disponíveis. A necrópsia foi então solicitada pelo tutor, com o objetivo de identificar a "causa mortis".

0h08m

Marcha da Necrópsia em Pequenos Animais - Parte 4.5

Este vídeo descreve mais uma etapa da marcha da necrópsia de um cão, onde os autores mostram a retirada do quinto conjunto de órgãos, que constitui o sistema urogenital. Como trata-se de um macho, neste caso, o quinto conjunto é composto pelas adrenais, rins, ureteres, vesícula urinária, uretra, próstata, pênis, prepúcio, bolsa escrotal, testículos e epidídimo.

Trata-se de material complementar ao estudo da Técnica de Necrópsia em Pequenos Animais e tem o objetivo de auxiliar alunos de medicina veterinária que estejam cursando a disciplina de Patologia Veterinária.

Importante frisar que o animal NÃO foi eutanasiado para fins de estudo, mas veio a óbito no Hospital Veterinário após esgotadas todas as opções de tratamento disponíveis. A necrópsia foi então solicitada pelo tutor, com o objetivo de identificar a "causa mortis".

0h09m

Marcha da Necrópsia em Pequenos Animais - Parte 4.6

Nesta etapa da marcha da necrópsia de um cão, os autores descrevem a retirada do sexto e último conjunto de órgãos, que constitui o sistema nervoso, composto pelas meninges, medula espinhal, cérebro, cerebelo, pedúnculo cerebral e bulbo.

Trata-se de material complementar ao estudo da Técnica de Necrópsia em Pequenos Animais e tem o objetivo de auxiliar alunos de medicina veterinária que estejam cursando a disciplina de Patologia Veterinária.

Importante frisar que o animal NÃO foi eutanasiado para fins de estudo, mas veio a óbito no Hospital Veterinário após esgotadas todas as opções de tratamento disponíveis. A necrópsia foi então solicitada pelo tutor, com o objetivo de identificar a "causa mortis".

0h24m

Marcha da Necrópsia em Pequenos Animais - Parte 5

Após demonstrar a retirada de todos os conjuntos de órgãos, os autores descrevem a análise dos conjuntos separadamente. Esta etapa foi dividida em dois vídeos. Neste primeiro, é feita a análise do primeiro conjunto.

Trata-se de material complementar ao estudo da Técnica de Necrópsia em Pequenos Animais e tem o objetivo de auxiliar alunos de medicina veterinária que estejam cursando a disciplina de Patologia Veterinária.

Importante frisar que o animal NÃO foi eutanasiado para fins de estudo, mas veio a óbito no Hospital Veterinário após esgotadas todas as opções de tratamento disponíveis. A necrópsia foi então solicitada pelo tutor, com o objetivo de identificar a "causa mortis".

0h24m

Marcha da Necrópsia em Pequenos Animais - Parte 5.1

Este vídeo finaliza a marcha da necrópsia com a análise dos demais conjuntos separadamente.

Trata-se de material complementar ao estudo da Técnica de Necrópsia em Pequenos Animais e tem o objetivo de auxiliar alunos de medicina veterinária que estejam cursando a disciplina de Patologia Veterinária.

Importante frisar que o animal NÃO foi eutanasiado para fins de estudo, mas veio a óbito no Hospital Veterinário após esgotadas todas as opções de tratamento disponíveis. A necrópsia foi então solicitada pelo tutor, com o objetivo de identificar a "causa mortis".