Conteúdo do curso

0h07m

Troca do selo d'água do dreno torácico

0h06m

Curativo de incisão não contaminada

0h04m

Administração de Medicação Intramuscular

0h03m

Sistema de Drenagem a Vácuo Portovac

0h04m

Troca de Curativo de Cateter Venoso Central com Membrana Semipermeável

0h09m

Troca Cateter Venoso Central com gaze e fita hipoalergênica

0h05m

Punção de Cateter Venoso Central Totalmente Implantavel

0h03m

Retirada de Agulha de Cateter Venoso Central Totalmente Implantável

0h07m

Heparinização Cateter Venoso Central Totalmente Implantavel

0h02m

Admiministração de Medicação por Via Ocular

Coutinho MHB, Santos SRG. Manual de Procedimentos de Enfermagem. 1 Ed. Secretaria de Estado de Saúde. Brasília - DF 2012. p 21

0h03m

Transporte de Paciente da Cama para a Maca

1. Timby, B. K. Conceitos e habilidades fundamentais no atendimento de enfermagem.-6.ed.- Porto Alegre:
Artmed Editora, 2001.
2. Posso, M.b.S, Semiologia e Semiotécnica de Enfermagem, São Paulo: Ed. Atheneu, 2004.
3. Veiga, D.A, et al. Manual de Técnicas de Enfermagem-9º Edição 37-38.Porto Alegre ,Sagna Luzzatto 2000.
4. MOZACHI, N. O Hospital: manual do ambiente hospitalar. 11ª ed. Curitiba: Manual Real Ltda, 2008.

0h02m

Transporte de Paciente da Cama para a Cadeira

1. Timby, B. K. Conceitos e Habilidades Fundamentais no Atendimento de Enfermagem.-6.Ed.- Porto Alegre:
Artmed Editora, 2001.
2. Posso, M. B. S., Semiologia e Semiotécnica de Enfermagem, São Paulo:ED Atheneu, 2004.
3. SMITH-TEMPLE, JEAN. Guia para procedimentos de enfermagem. 4ª ed.Porto Alegre: Art Med, 2004.

0h07m

Administração de Medicação Via Intravenosa

0h04m

Mensuração da pressão arterial

1. Chaud, M. N. Et al. O Cotidiano da Prática da Enfermagem Pediátrica, Atheneu, São Paulo, 1999.
2. Lopes, Mercedes Arias, Guias Prático de Enfermagem- Hospitalização, Rio de Janeiro, Editora McGrowHill, 2001.
3. SMITH-TEMPLE, JEAN. Guia para procedimentos de enfermagem. 4ª ed. Porto Alegre: Art Med, 2004.
4. MOZACHI, N. O Hospital: manual do ambiente hospitalar. 6ª ed. 30 p. Curitiba: Manual Real Ltda, 2006.
5. SPRINGHOUSE, As Melhores Práticas de Enfermagem – procedimentos baseados em evidências.Tradução: Regina Machado Garcez 2ª Edição, Porto Alegre, Editora Artmed, 2010.
6. ALBINO, A. P; JACINTO, V. Implementação da Escala de Alerta Precoce, Centro Hospitalar de Barlavento Algarvio, 2010.

0h10m

Alimentação por sonda enteral

1. SPRINGHOUSE, As Melhores Práticas de Enfermagem – procedimentos baseados em evidências. Tradução: Regina Machado Garcez 2ª Edição, Porto Alegre, Editora Artmed, 2010. Pag. 444 e 445.]
2. Naganuma, Masuco et al, Procedimentos Técnicos de Enfermagem em UTI Neonatal, São Paulo, Atheneu,
3. Kenner, Carole, Enfermagem Neonatal, Rio de Janeiro, Reichmann & Affonso Editores, 2001
4. Chaud, Massae Noda, O Cotidiano da Prática de Enfermagem Pediátrica, São Paulo, Atheneu, 1999.

0h06m

Aspiração de vias aéreas superiores

Referência: Posso, M.B.S, Semiologia e Semiótica de Enfermagem, São Paulo, Ed. Atheneu, 2004.

0h07m

Passagem de sonda nasogástrica

Errata: Na relação dos materiais necessários para a realização deste procedimento contém "sonda de aspiração", favor desconsiderar. O nome correto da sonda é gástrica.

Referência: Lopes, Mercedes Arias, Guias Prático de Enfermagem - Hospitalização, Rio de Janeiro, Editora McGrowHill, 2001.

0h07m

Punção venosa para administração de soro

Referência: Coutinho MHB, Santos SRG. Manual de Procedimentos de Enfermagem. 1 Ed. Secretaria de Estado de Saúde. Brasília - DF 2012. p 66.

0h11m

Instalação de dispositivo venoso

Referência: Coutinho MHB, Santos SRG. Manual de Procedimentos de Enfermagem. 1 Ed. Secretaria de Estado de Saúde. Brasília - DF 2012. p 66 e 69.

0h05m

Coleta de urina para exames de pacientes sondados

Referência: Schull PD. Enfermagem Básica: Teoria e Prática. 3 ed, São Paulo. Rideel, 2005.