Curso

Pedagogia por Univesp - 06 - História da educação

4.86

(127)

24h56m

Professor

Univesp

O canal para quem quer saber mais e aprender sempre! A Univesp TV é uma das ferramentas de tecnologia de informação e comunicação da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), e visa a formação integral do cidadão.

Ver sobre

Faça o login ou Cadastre-se para acessar ao curso.

Não se preocupe, é gratuito!

Compartilhar

Avaliar curso

Faça seu cadastro no Getmotos para vender sua moto Faça seu cadastro no Getmotos para vender sua moto

Conteúdo do curso

0h09m

D-06 - Os Primeiros Tempos: A Educação pelos Jesuítas (1/2)

A Univesp TV foi a Portugal investigar o caminho feito pelos jesuítas que vieram para as novas terras da coroa portuguesa logo no início da colonização. Com eles começou a educação no Brasil. Mas foi mesmo isso que eles vieram fazer aqui? Como eram os famosos colégios que os jesuítas fundaram por toda colônia? Os índios frequentavam esses colégios?

0h10m

D-06 - Os Primeiros Tempos: A Educação pelos Jesuítas (2/2)

A Univesp TV foi a Portugal investigar o caminho feito pelos jesuítas que vieram para as novas terras da coroa portuguesa logo no início da colonização. Com eles começou a educação no Brasil. Mas foi mesmo isso que eles vieram fazer aqui? Como eram os famosos colégios que os jesuítas fundaram por toda colônia? Os índios frequentavam esses colégios?

0h06m

D-06 - A Reviravolta de Pombal: Nasce a Educação Laica (1/3)

A partir de setembro de 1759, soldados ocuparam os colégios em todo o Reino de Portugal e expulsaram os jesuítas, que cuidaram da educação por 210 anos. Esse foi o início da reforma educacional executada pelo Marquês de Pombal, o primeiro ministro do Rei Dom José I.

0h05m

D-06 - A Reviravolta de Pombal: Nasce a Educação Laica (2/3)

A partir de setembro de 1759, soldados ocuparam os colégios em todo o Reino de Portugal e expulsaram os jesuítas, que cuidaram da educação por 210 anos. Esse foi o início da reforma educacional executada pelo Marquês de Pombal, o primeiro ministro do Rei Dom José I.

0h07m

D-06 - A Reviravolta de Pombal: Nasce a Educação Laica (3/3)

A partir de setembro de 1759, soldados ocuparam os colégios em todo o Reino de Portugal e expulsaram os jesuítas, que cuidaram da educação por 210 anos. Esse foi o início da reforma educacional executada pelo Marquês de Pombal, o primeiro ministro do Rei Dom José I.

0h08m

D-06 - D. João VI: Ensino Superior e Profissional (1/2)

Programa da disciplina História da Educação a respeito da vinda da Família Real para o Brasil e a fundação da nossa primeira faculdade e a instituição do ensino técnico na Colônia, que passa a ser a sede da Coroa Portuguesa.

De segunda a sexta às 09h e 20h, o programa Estúdio Univesp traz entrevistas, debates, matérias especiais, notícias e o resumo da programação na tela da UNIVESP TV. O canal para quem quer saber mais e aprender sempre!

Assista também em http://univesptv.cmais.com.br/

Sintonize a UNIVESP TV através dos canais digitais da multiprogramação da TV Cultura. Em São Paulo, o canal é o 2.2. Santos - Guarujá, canal 3.2, Ribeirão Preto, 4.2. Campinas 10.2, São José dos Campos, 27.2.

0h09m

D-06 - D.João VI: Ensino Superior e Profissional (2/2)

Programa da disciplina História da Educação a respeito da vinda da Família Real para o Brasil e a fundação da nossa primeira faculdade e a instituição do ensino técnico na Colônia, que passa a ser a sede da Coroa Portuguesa.

De segunda a sexta às 09h e 20h, o programa Estúdio Univesp traz entrevistas, debates, matérias especiais, notícias e o resumo da programação na tela da UNIVESP TV. O canal para quem quer saber mais e aprender sempre!

Assista também em http://univesptv.cmais.com.br/

Sintonize a UNIVESP TV através dos canais digitais da multiprogramação da TV Cultura. Em São Paulo, o canal é o 2.2. Santos - Guarujá, canal 3.2, Ribeirão Preto, 4.2. Campinas 10.2, São José dos Campos, 27.2.

0h09m

D-06 - Os Pioneiros, Entusiastas da Educação Nova (1/2)

O ano é 1932, um dos momentos mais importantes da história da educação brasileira: a publicação do Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova, nos principais jornais do país. O programa exibe trechos do documento em uma montagem de programa de rádio da época e de cinejornal. Dirigido ao Povo e ao Governo, o Manifesto faz um diagnóstico da educação brasileira na década de 30 e apresenta um plano de reconstrução educacional no Brasil. O documento foi assinado por 26 educadores e intelectuais de renome, liderados por Fernando de Azevedo, Lourenço Filho e Anísio Teixeira.

0h09m

D-06 - Os Pioneiros, Entusiastas da Educação Nova (2/2)

O ano é 1932, um dos momentos mais importantes da história da educação brasileira: a publicação do Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova, nos principais jornais do país. O programa exibe trechos do documento em uma montagem de programa de rádio da época e de cinejornal. Dirigido ao Povo e ao Governo, o Manifesto faz um diagnóstico da educação brasileira na década de 30 e apresenta um plano de reconstrução educacional no Brasil. O documento foi assinado por 26 educadores e intelectuais de renome, liderados por Fernando de Azevedo, Lourenço Filho e Anísio Teixeira.

0h09m

D-06 - Dos 40 aos 60: A Expansão da Educação Paulista (1/2)

O programa mostra a democratização do ensino fundamental e do ensino médio, no Estado de São Paulo, a partir de 1930. O Governo e a prefeitura de São Paulo investiram na construção de prédios escolares para resolver a falta de vagas para alunos entre 7 e 14 anos de idade. A Univesp TV conversou com duas arquitetas e visitou escolas construídas em 1950 e em 1960.

0h07m

D-06 - Dos 40 aos 60: A Expansão da Educação Paulista (2/2)

O programa mostra a democratização do ensino fundamental e do ensino médio, no Estado de São Paulo, a partir de 1930. O Governo e a prefeitura de São Paulo investiram na construção de prédios escolares para resolver a falta de vagas para alunos entre 7 e 14 anos de idade. A Univesp TV conversou com duas arquitetas e visitou escolas construídas em 1950 e em 1960.

0h09m

D-06 - Educação na Ditadura: A Marca da Repressão (1/2)

Período da história do Brasil marcado por atos de censura e repressão político-ideológica. Os militares tinham um projeto de desenvolvimento para o país e precisavam modificar a Educação. Isso incluiu a modernização do ensino superior, com a reforma da Universidade Brasileira, em 1968 e a expansão do ensino fundamental obrigatório para oito anos, em 1971. Esta última reforma também transformou o ensino secundário em profissionalizante, o que não deu certo e foi extinto antes mesmo da ditadura terminar.

De segunda a sexta às 09h e 20h, o programa Estúdio Univesp traz entrevistas, debates, matérias especiais, notícias e o resumo da programação na tela da UNIVESP TV. O canal para quem quer saber mais e aprender sempre!

Assista também em http://univesptv.cmais.com.br/

Sintonize a UNIVESP TV através dos canais digitais da multiprogramação da TV Cultura. Em São Paulo, o canal é o 2.2. Santos - Guarujá, canal 3.2, Ribeirão Preto, 4.2. Campinas 10.2, São José dos Campos, 27.2.

0h09m

D-06 - Educação na Ditadura: A Marca da Repressão (2/2)

Período da história do Brasil marcado por atos de censura e repressão político-ideológica. Os militares tinham um projeto de desenvolvimento para o país e precisavam modificar a Educação. Isso incluiu a modernização do ensino superior, com a reforma da Universidade Brasileira, em 1968 e a expansão do ensino fundamental obrigatório para oito anos, em 1971. Esta última reforma também transformou o ensino secundário em profissionalizante, o que não deu certo e foi extinto antes mesmo da ditadura terminar.

De segunda a sexta às 09h e 20h, o programa Estúdio Univesp traz entrevistas, debates, matérias especiais, notícias e o resumo da programação na tela da UNIVESP TV. O canal para quem quer saber mais e aprender sempre!

Assista também em http://univesptv.cmais.com.br/

Sintonize a UNIVESP TV através dos canais digitais da multiprogramação da TV Cultura. Em São Paulo, o canal é o 2.2. Santos - Guarujá, canal 3.2, Ribeirão Preto, 4.2. Campinas 10.2, São José dos Campos, 27.2.

0h09m

D-06 - A República: Alfabetizar... Ou Alfabetizar (1/2)

Com apenas 14% da população alfabetizada, dos cerca de 14 milhões de habitantes, contabilizados em 1890, o grande ideal republicano era: instrução primária, livre, gratuita e laica. No novo regime a tarefa passou aos estados. E a dianteira veio do próspero estado de São Paulo, exportador de café. São Paulo promoveu uma grande reforma no ensino público, começando pela Escola Normal, que formaria assim os quadros para o magistério. As antigas escolas isoladas do Império foram reunidas num único prédio, especialmente concebido para isso -- o Grupo Escolar.

0h07m

D-06 - A República: Alfabetizar... Ou Alfabetizar (2/2)

Com apenas 14% da população alfabetizada, dos cerca de 14 milhões de habitantes, contabilizados em 1890, o grande ideal republicano era: instrução primária, livre, gratuita e laica. No novo regime a tarefa passou aos estados. E a dianteira veio do próspero estado de São Paulo, exportador de café. São Paulo promoveu uma grande reforma no ensino público, começando pela Escola Normal, que formaria assim os quadros para o magistério. As antigas escolas isoladas do Império foram reunidas num único prédio, especialmente concebido para isso -- o Grupo Escolar.

0h09m

D-06 - O Voto e a Educação (1/2)

No período da Primeira República (1889-1930), a educação entrou na agenda política - de onde nunca mais saiu. Nesta época, 85% da população brasileira era analfabeta e por isso impedida de votar nas eleições. Alfabetizar as crianças passou a ser fundamental para a participação política no regime republicano.

0h04m

D-06 - O Voto e a Educação (2/2)

No período da Primeira República (1889-1930), a educação entrou na agenda política de onde nunca mais saiu. Nesta época, 85% da população brasileira era analfabeta e por isso impedida de votar nas eleições. Alfabetizar as crianças passou a ser fundamental para a participação política no regime republicano.

0h09m

D-06 - No Império chega o Ensino Secundário (1/3)

Com a criação, no Rio de Janeiro, do Colégio Pedro II , idealizado pelo próprio imperador para servir de modelo a outros cursos para o ensino secundário, inauguramos aqui esta modalidade de ensino, antes dispersa em aulas particulares destinadas à preparação para o ingresso nos cursos superiores.

0h07m

D-06 - No Império chega o Ensino Secundário (2/3)

Com a criação, no Rio de Janeiro, do Colégio Pedro II , idealizado pelo próprio imperador para servir de modelo a outros cursos para o ensino secundário, inauguramos aqui esta modalidade de ensino, antes dispersa em aulas particulares destinadas à preparação para o ingresso nos cursos superiores.

0h03m

D-06 - No Império chega o Ensino Secundário (3/3)

Com a criação, no Rio de Janeiro, do Colégio Pedro II , idealizado pelo próprio imperador para servir de modelo a outros cursos para o ensino secundário, inauguramos aqui esta modalidade de ensino, antes dispersa em aulas particulares destinadas à preparação para o ingresso nos cursos superiores.